Roma

Roma

Nome: ASSOCIAZIONE SPORTIVA ROMA

Fundação: 1927

Cidade: Roma

Site oficial: www.asroma.it

Apelido: Giallorossi

Presidente: –

Estádio: OLÍMPICO

Capacidade: 85.000

Técnico: LUIS ENRIQUE

Principais conquistas:

CAMPEONATO ITALIANO (3)

1941/1942 1982/1983 2000/2001

COPA DA ITÁLIA (9)

1963/1964 1980/1981 1990/1991
1968/1969 1983/1984 2006/2007
1979/1980 1985/1986 2007/2008

SUPERCOPA DA ITÁLIA (2)

2001 2007

HISTÓRIA

A Associazione Sportiva Roma, ou simplesmente Roma, foi fundada em 1927 com a junção de três clubes: Alba, Roman e Fortitudo. A idéia (mais precisamente de Italo Foschi) era criar um time forte para enfrentar de igual para igual equipes como Juventus, Milan e Internazionale.

As cores escolhidas para o time foram o amarelo ouro e o vermelho, tirado da antiga bandeira do Império Romano. A Roma venceu seu primeiro título já em 1927/28, a Coppa CONI. No ano seguinte esteve perto de conquistar o scudetto. A partir de 1930, o clube passou a mandar seus jogos no estádio Testaccio.

Lá, a torcida giallorossa já demonstrava sua paixão pelo time. Em 1930/31, a Roma ficou em segundo lugar no Campeonato Italiano. Na temporada 1941/42, o clube conquistou seu primeiro scudetto. Era o primeiro título de um time do centro-sul do país.

Mas logo após a conquista começou o declínio romano, que se intensificou com a Segunda Guerra Mundial, já que muitos jogadores foram convocados para o exército. O Campeonato Italiano ficou paralisado por três anos – havia somente as competições regionais.

Na temporada 1950/51, a Roma foi rebaixada para a Série B. A volta para a elite foi imediata, justamente 10 anos após a conquista do primeiro scudetto. A diretoria giallorossa reforçou o time, que não conseguiu grandes resultados. Em 1953, o clube passou a mandar seus jogos no famoso estádio Olímpico.

Neste mesmo ano, a Roma contratou Alcides Ghiggia, o mesmo que marcou o gol da vitória do Uruguai sobre o Brasil na final da Copa do Mundo de 1950, no Maracanã. Em 1956/57, porém, a equipe romana esteve mais uma vez ameaçada pelo rebaixamento, mas conseguiu se manter.

Além de Ghiggia, a Roma contava também com o brasileiro Dino da Costa: o atacante foi o artilheiro desta mesma temporada com 22 gols marcados. Nos anos 60, o clube da capital conquistou mais duas vezes a Copa da Itália: em 1963/64 e 1968/69.

Vale lembrar que em 1964, a Roma passou por uma séria crise financeira e teve que ceder seus principais jogadores. Os anos 70 não foram tão gloriosos para o time, que se manteve sempre na zona intermediária da tabela, com exceção da temporada 1974/75, quando terminou na terceira colocação.

Em 1979/80, a Roma conquistou a Copa da Itália – conquistaria o bi na temporada seguinte. Em agosto de 1980, a Roma contratou Falcão e começou a montar um dos melhores times da sua história, que tinha ainda o capitão Di Bartolomei, Carlo Ancelotti, Vierchowod e Bruno Conti.

E esta equipe conquistaria o segundo scudetto do clube, em 1982/83, sob o comando do técnico Nils Liedholm. Na temporada seguinte, a Roma conseguiu chegar à final da Liga dos Campeões, disputada no próprio estádio Olímpico.

No entanto, o time foi surpreendido pelo Liverpool, que venceu nos pênaltis – Conti e Graziani desperdiçaram as penalidades. Foi uma bruta final para os romanos, que mesmo assim conseguiram vencer a Copa da Itália. Em 1985/86, já sem Falcão, a Roma esteve muito perto de conquistar o scudetto novamente.

Porém, a penúltima rodada reservou um cenário árduo para a torcida giallorossa. O time recebeu o Lecce no Estádio Olímpico, já sem pretensão nenhuma no campeonato, e foi derrotada por 3 a 2, sendo ultrapassada pela Juventus, que garantiu o título na última rodada vencendo justamente o Lecce. O triunfo na Copa da Itália foi pouco para satisfazer os torcedores.

Em janeiro de 1991, o então presidente Dino Viola morreu. Era o começo de momentos difíceis no clube. Mesmo assim, a equipe giallorossa conquistou pela sétima vez a Copa da Itália e chegou à final da Copa da Uefa, mas perdeu para a Inter de Milão.

O novo presidente Giuseppe Ciarrapico era um declarado torcedor da Roma, mas sua administração era muito contestada. Foi em 1993 que um jovem jogador chamado Francesco Totti estreou no time principal do time. Em maio de 1993, o empreendedor Franco Sensi adquiriu parte do controle da Roma.

Em novembro do mesmo ano, ele se tornou o único proprietário do clube. A equipe seguiu seu caminho com resultados modestos. Em 1999, Sensi contratou o técnico Fabio Capello. Era o que a Roma precisava para conseguir se reerguer.

Após ver a arqui-rival Lazio vencer o scudetto na temporada 1999/00, o time giallorosso deu o troco no ano seguinte e conquistou o Campeonato Italiano pela terceira vez. A equipe tinha nomes como Totti, Batistuta, Montella, Samuel e Emerson.

Na temporada seguinte ficou em segundo lugar. A saída de Fabio Capello e de jogadores como Emerson fez com que o time perdesse sua solidez. Cesare Prandelli chegou, mas logo saiu com problemas particulares. Rudi Voller e Del Neri também não duraram.

Rosella Sensi foi obrigada a tomar partido e controlar a administração do clube por causa dos problemas de saúde de seu pai. Em 2005/06, Luciano Spalletti foi anunciado como novo técnico. Com a venda de Cassano e sem grandes estrelas no elenco, a Roma teve dificuldades no início, mas conseguiu se recuperar depois.

Com os esquemas de armação de resultados que culminou com o rebaixamento da Juventus e punições ao Milan, Fiorentina e Lazio, o clube terminou a Série A na segunda colocação. Em 2006/07 e 2007/08, a Roma se firmou como segunda força da Itália, ficando apenas atrás da Inter.

Nessas duas temporadas, o time giallorosso venceu a Copa da Itália, se tornando, ao lado da Juventus, o clube que mais venceu a competição com nove conquistas. Em 2008/09, a equipe giallorossa esteve muito aquém das expectativas e não passou de um sexto lugar.

_________________________________________________

Curiosidades:

>> A Roma é um dos três clubes da Itália que possui ações na bolsa. Os outros dois são Lazio e Juventus.

>> O símbolo da Roma é uma loba. Segundo a mitologia romana, os gêmeos Rômulo (fundador da cidade) e Remo foram abandonados logo após o nascimento na corrente do rio Tibre. A cesta com os gêmeos foi parar às margens do rio Velabro e foi encontrada por uma loba (chamada lupa) que os alimentou.

>> Em toda sua história, a Roma foi rebaixada para a Série B em apenas uma ocasião: na temporada 1950/51.

>> O brasileiro Da Costa virou um ídolo da torcida giallorossa não só por conta dos gols marcados, mas também por causa das suas excelentes apresentações nos clássicos contra a Lazio.

>> Em um jogo da temporada 1968/69, contra a Sampdoria, o jogador Giuliano Taccola sofreu um mau súbito no vestiário e morreu.

_________________________________________________

TODOS OS PRESIDENTES DA ROMA

• 1927 – Italo Foschi
• 1928 – Renato Sacerdoti
• 1934 – Vittorio Scialoja
• 1935 – Igino Bettini
• 1941 – Edgardo Bazzini
• 1943 – Pietro Baldassarre
• 1949 – Pier Carlo Restagno
• 1950 – Romolo Vaselli
• 1951 – Renato Sacerdoti
• 1958 – Anacleto Gianni
• 1962 – Francesco Marini-Dettina
• 1962 – Franco Evangelisti
• 1968 – Francesco Ranucci
• 1969 – Alvaro Marchini
• 1971 – Gaetano Anzalone
• 1979 – Dino Viola
• 1991 – Flora Viola
• 1991 – Giuseppe Ciarrapico
• 1993 – Ciro Di Martino
• 1993 – Franco Sensi
• 2008 – Rosella Sensi

TODOS OS PATROCINADORES DA ROMA

  • De 1981/82 a 1993/94: Barilla
  • Em 1994/95: Nuova Tirrena
  • De 1995/96 a 2001/02: INA Assitalia
  • Patrocinador na Copa da Itália em 1999/00: Stream
  • De 2002/03 a 2004/05: Mazda
  • Patrocinador no jogo entre Roma x Juventus, em 19 de novembro de 2005: Acqua Fiuggi
  • Patrocinador no returno da temporada 2005/06: Banca Italease
  • Patrocinador no jogo entre Reggina x Roma, em 15 de outubro de 2006: Festa del Cinema di Roma
  • Patrocinador no jogo entre Roma x Milan, em 31 de março de 2007: Pepsi Collection
  • Desde 2007/08: Wind

TODOS OS FORNECEDORES DE MATERIAL ESPORTIVO DA ROMA

  • Em 1970/71: Lacoste
  • Em 1977/78 e de 1991/92 a 1993/94: Adidas
  • Em 1979/80: Pouchain
  • De 1980/81: Playground
  • Em 1982/83 e 1983/84: Patrick
  • De 1983/84 a 1985/86, de 2000/01 a 2002/03 e de 2007/08 a 2009/10: Kappa
  • De 1986/87 a 1990/91: NR
  • De 1994/95 a 1996/97: Asics
  • De 1997/98 a 1999/00 e de 2003/04 a 2006/07: Diadora

HINO DA ROMA

_________________________________________________

ELENCO

GOLEIROS
Nome Nascimento
1 Bogdan Lobont 18/01/1978
25 Artur Moraes 25/01/1981
27 Júlio Sérgio 08/11/1978
32 Doni 22/10/1979
DEFENSORES
Nome Nascimento
2 Cicinho 24/06/1980
3 Marco Andreolli 10/06/1986
4 Juan 01/02/1979
5 Philippe Mexes 30/03/1982
13 Marco Motta 14/05/1986
15 Vitorino Antunes 01/04/1987
17 John Arne Riise 24/09/1980
22 Max Tonetto 18/11/1974
29 Nicolas Burdisso 12/04/1981
77 Marco Cassetti 29/05/1977
MEIAS
Nome Nascimento
7 Pizarro 11/09/1979
11 Rodrigo Taddei 06/03/1980
14 Ricardo Faty 04/08/1986
16 Daniele De Rossi 24/07/1983
18 Mauro Esposito 13/06/1979
20 Simone Perrotta 17/09/1977
21 Sefano Guberti 06/11/1984
23 Leandro Greco 19/07/1986
26 Adrian Florin Pit 16/07/1983
33 Matteo Brighi 14/02/1981
ATACANTES
Nome Nascimento
9 Mirko Vucinic 01/10/1983
10 Francesco Totti 27/09/1976
19 Júlio Baptista 01/10/1981
24 Alessio Cerci 23/07/1987
89 Okaka 09/08/1989
93 Jeremy Menez 07/05/1987

LOCALIZAÇÃO

Cidade: Roma Roma - Stemma
Região: Lazio
Província: Roma stemma

mapa_roma

Anúncios

9 comentários em “Roma

  1. roma sempre ,roma eternamente em meu coração!unico grande amor de tanta e tanta gente que faz suspirar!

  2. gostaria de saber e espero ver já no próximo site se Dino da Costa continua vivo e onde reside e o que faz.
    muito obrigado

    • Paulo,
      Pelas informações que eu busquei, Dino da Costa está vivo, com seus 78 anos. Mas não sei dizer onde está vivendo e o que faz atualmente.

      Grazie mille por visitar meu blog!

  3. Olá, cara!

    Parabéns pelo trabalho, esse blog é completo, todo fan do calcio italiano deveria acompanhar!

    Por favor, queria saber suas impressões sobre Montella.

    Sempre admirei o futebol dele, mas acho que seus feitos são pouco conhecidos e admirados.

    Agradeço desde já.

    • Obrigado pelo elogio, Victor. Esteja sempre por aqui =D

      Montella foi bom jogador. Despontou no Empoli, passou por Genoa, Sampdoria e explodiu na Roma. Lá ele ganhou o scudetto de 2000/01. Título de grande expressão só foi esse mesmo. Mas no seu auge, marcou muitos gols, era matador. Não foi craque, mas a torcida da Roma, em especial, se lembra bem dele.

      Valeu.

  4. muito bom teu blog cara parabens eu também sou loko pela roma sei tudo sobre a historia desse time que mora no meu coração, pena que nessa temporada as coisas estão um pouco dificeis, valeuuu!!!
    roma unico grande amor de tanta e tanta gente que faz suspirar…

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s